diegoeis.com

RSS @diegoeis
Seja o primeiro a comentar tags: front-end desenvolvimento web

Websites para as massas

Todo mundo precisa de um website, fato. Seja um individuo ou uma empresa, qualquer um precisa de uma presença online na internet. É isso que as redes sociais fazem para a grande maioria das pessoas do mundo: cedem um espaço para que você tenha uma presença online. Mas para empresas e profissionais, um espaço na internet significa ter um website, customizado, com a sua cara, seu logo, seu texto, suas fotos, falando sobre o seu trabalho.

Para essa fatia do mercado, ter um website customizado é caro. Além disso, os profissionais que essa fatia de mercado geralmente encontra são aqueles picaretas que prometem um website bonito e barato, mas somem no meio do caminho. Já tive dezenas de cliente que me procuraram exatamente porque o dev que estava fazendo seus projetos simplesmente sumiu ou falou que pegou outro projeto e desistiu, entre outras desculpas. Para esses clientes, é difícil encontrar um profissional barato, responsável e que faça o trabalho decentemente. É aí que entra o sistemas de DIY, que lhe permitem criar site grátis, como o Wix: sistemas de Site Builder unem a facilidade de ter um site customizado, bonito, com todas as funcionalidades necessárias para controlar e publicar um site, com o preço que essa fatia de mercado tanto precisa: grátis ou perto disso.

Um orçamento simples

Vamos falar a verdade: quanto você cobraria pra fazer um site para um cabeleireiro hoje? Um projeto completo: Design, front-end e back-end. O cliente tem que conseguir mudar o conteúdo, criar ou apagar páginas… Além de uma galeria de fotos e página com formulário de contato? Chuto, de acordo com os projetos que fiz anteriormente, okay?

O total ficaria mais ou menos assim: R$10.000,00, cobrando os valores mínimos. Mas aí vem: Ah, Diego, você exagerou, muito caro seu trabalho. Me dá um desconto de 50%.
Fica R$5.000,00. Pra chegar nesse valor, haveria uma série de concessões no projeto como: Design comprado de qualquer Template Monster da vida… Front-end sem Responsive, back-end não dá para tirar. Se fosse quebrar logo de vez, pensaríamos em pegar um template já pronto de Wordpress, onde nós implementaríamos, mas não iríamos customizar nada. Logo, ou eu fico no prejuízo, ou o cliente não tem o que ele realmente quer. Não dá para diminuir o valor sem mudar qualquer coisa no escopo no projeto.

Você realmente quer ficar negociando valor o tempo inteiro com seus clientes? Eu prefiro escolher a faixa de valores e o tipo de cliente que quero trabalhar para não ter problemas assim. Por isso a indicação de serviços como o Wix se encaixa bem em casos onde eu não vou pegar o job, mas não vou deixar o cliente na mão.

Suponha que você use o WIX como uma ferramenta, do jeito que usamos o Wordpress para fazer sites. Você poderia cobrar um valor inicial de setup e depois o cliente paga a mensalidade do Wix, que é MUITO baixa, começando com R$9,50!

Wix ADI - Artificial Design Intelligence e o Editor

Agora, partindo do pressuposto que você não é designer, não é desenvolvedor, é o cliente final procurando fazer um site se a ajuda de um profissional. Pra tentar facilitar essa tarefa, o Wix criou o que eles chamam de Inteligência de Design Artificial. Ele funciona como um Robô que vai te fazer perguntas simples e se baseando nas suas respostas, ele cria um design pra você.

Uma das perguntas é o endereço do seu estabelecimento. Com as informações como o endereço e o nome do seu negócio, o Wix ADI procura na internet informações sobre seu negócio, e monta um card com as outras informações como Telefone. Claro, você precisa ter essas informações atualizadas no Google para que ele consiga buscar corretamente. Mesmo assim, você consegue mudar depois se quiser.

Depois disso, ele “pensa” mais um pouquinho e traz pra você uma outra pergunta: qual o estilo de design que você mais gosta?

Escolhendo um desses destes estilos, o Wix começa a criar seu website, começando pela Home Page.

Se você não gostar do resultado, basta mudar o estilo e o design. Para alguém que não perder muito tempo escolhendo os detalhes do layout, essa ferramenta faz muito bem o seu trabalho e te economiza tempo. Agora, suponha que você queira realmente parar e deixar o layout do seu site com a sua cara. Basta você usar o editor de sites do Wix, escolhendo um dos 500 templates que ele oferece ou fazendo o seu próprio design a partir do zero. O que eu não aconselho, já que o Wix tem designers profissionais que desenharam templates bem mais bonitos do que a maioria das pessoas conseguiria fazer. ;-)

Escolhendo um template pronto, você consegue mudar todas as características dos elementos do site. A coisa toda é bem simples de se fazer e mira sempre nas pessoas que não tem nenhuma intimidade com o desenvolvimento de sites. Se você for um desenvolvedor, não há motivo para não usar o Wix para fazer websites para clientes menores e que precisam de um site simples e personalizado.

Lembre-se: esses serviços são ótimos para uma fatia do mercado que tem a necessidade de ter uma “casa” online. Muitos profissionais que tem budget limitado não vão conseguir pagar por um serviço de profissionais como você e outros, logo, alternativas assim ajudam muito esses usuários.