April 6, 2020

Pensamento: Valuation não é caixa

Esse artigo foi sendo escrito no interior de São Paulo, em Boituva. E nesse momento o mundo está em quarentena por causa do COVID-19, o novo coronavirus.

O mundo inteiro está parado e como se não bastasse o sofrimento das famílias que perderam seus entes e das pessoas que estão com a doença no hospital, muito provavelmente essas e várias outras pessoas irão sofrer com o desemprego em um momento crítico. Todos os setores da indústria estão sofrendo, principalmente empresas de produtos e tecnologia, como a Gympass que demitiu que 400 pessoas por causa dos impactos do isolamento social. Uma empresa que vale mais de um bilhão de dólares não conseguiu manter o emprego dos seus funcionários. Isso aconteceu também com a MaxMilhas, que cortou 42% da sua equipe. A C6 Bank também demitiu 8% dos funcionários e várias outras empresas que tem demitido seus funcionários. Algumas até estão aproveitando a onda para demitir não por causa do corona, mas para enxugar a máquina.

Quando eu abri minha empresa, há muito tempo atrás, contratamos um consultor de negócios que nos ajudou a ter um conhecimento maior sobre organização financeira focada em negócios. Esse consultor sempre falava uma coisa: empresas não quebram por falta de lucro, elas quebram por problemas de liquidez. Elas quebram por falta de caixa.

Valuation bilionário é uma coisa, ter caixa é outra. Todo esse capítulo está mostrando que saber usar o dinheiro que entra é importante para manter a empresa funcionando em vez de comprar crescimento. Crescer de forma sustentável é uma obrigação de todas as startups. Eu sei que vai totalmente contra a cartilha de gastar dinheiro dos investidores na fornalha do crescimento exponencial. O objetivo deve ser crescer, mas de forma fundamentada e principalmente controlada.

As vezes o inesperado pode ser uma pandemia, mas também pode ser um concorrente, ou pode ser a estratégia que não dá mais certo… você nunca vai saber. Mas quando o inesperado acontecer, o crescimento precisa continuar. Se o crescimento depende de um fluxo infinito de dinheiro, algo está errado. Se o crescimento não dá espaço para geração de lucro sustentável e previsível, algo está errado.