September 8, 2020

Anotação: A vida prática de um profissional de produto

Anotações feitas sobre a palestra da Clarissa da Rosa, Founder da Muta Ecossistema, com o nome de A vida prática de um profissional de produto.


Situação 1: um lugar onde diretores e c-levels ou outras áreas tem uma visão muito de comando e controle

A ideia é construir junto um processo colaborativo de construção de produtos. É muito importante onde se construa uma rotina que os integrantes estejam próximos (fisicamente e virtualmente) para resolver problemas rápido e colaborarem mais. O time precisa estar conectado no processo de tomada de decisão.

Situação 2: gerir expectativa de ser o máximo executado. Implementar mais features, sem priorização

A proposta para conseguir gerir bem um produto é importante que tenhamos uma visão sobre entrega de resultados e não tarefas. Ter uma perspectiva de entrega de resultados, resolução de problemas, tem um processo alinhado com negócios e áreas que trazem problemas e oportunidades. Sentar junto com as áreas para decidir onde podemos direcionar os esforços.

Situação 3: muitas empresas trabalham com referências multimercado, com base em funcionalidades de concorrentes ou mercados adjacentes.

Se há uma necessidade de aplicações dessas ideias, precisamos entender como podemos testar se faz sentido as implementações propostas. É importante que quem trouxe essas referências possam participar do processo de aprendizado. As vezes, essas funcionalidades e referencias não se aplica aos usuários e o modelo da empresa no timing atual.

Situação 4: alguns times tem uma visão completa de que o produto passou pelo processo de validação de produto de fit de mercado e usuário

Muitas vezes, os testes aplicados para validar o fit do produto, foram feitas em redes próximas de relacionamentos, com um grupo muito controlado e passível de grande viés de comportamento. A ideia é que uma empresa não pode ter o seu lastro vindo de usuários que não refletem a sua real fatia de mercado.

É importante de focar em resolver problemas reais, focando-se em usuários que fazem sentido no seu processo. Isso acontece e é bem comum em empresas de todos os tamanhos.

Um recap rápido:

Se tiver que deixar uma dica prática, incentive processos colaborativos. A questão relacional é muito importante. A questão técnica também é importante, mas não devemos focar apenas no técnico e esquecer o relacional. Isso traz a diferença para percorrer metas para todos.

Estabelecer diálogos com os integrantes dos times é importante para conseguir fomentar novas ideias e opiniões, gerando mais empatia com a empresa e o usuário. Isso alimenta uma cultura mais de ownership, focada em outcomes.

Implemente uma visão de produto completa na sua empresa: cultura de testes, discovery de hipóteses, desburocratizando as ideias de produto.